Dicas de Tranças

Oi Gatas,,

Hoje eu tô aqui para dar algumas dicas de tranças… Sem dúvidas elas fazem nossa cabeça, deixando o visual muito mais arrumadinho e/ou muito mais bonito.

Como doei meu cabelo recentemente, ele ainda está curto, e a partir dai, parei de fazer tranças… 😦

Mas descobri que tem mil e uma maneiras de voltar com elas nos cabelos curtinhos!!! Eba!!! 🙂

Então, “caçando” por ai alguns modelinhos, separei alguns para os cabelos mais curtos como o meu e para os cabelos grandes.

A trança  também é perfeita para aqueles dias de correria, que você não tem tempo de ficar trabalhando com a chapinha… é só fazer uma trança e voilà está perfeito … e elogios não vão faltar…

Nossa, são tanto modelinhos lindos e fácies que fiquei até tonta!

Espero que gostem!!!

3 2 1

E por ai vai… Agora é só se divertir e ficar cada vez mais Gata!

eaac2bdcedeccc96bc9d0d133c1f7903 e7b2f08a6801866480c77e82d3874186 d1c8deaebf4b4af0d52ddea7e917b990 c98a4b7bb04d361cf3c6ccfa4be45105 c64e3362ed977159c788b30b4de76eac bb0091a72f542d35559a65e18b7f7eba 13e6141a58df919b2d1e96709591036d 6e12c705b9b220811492b4cf3e9ff897 5adb40e4bac10055ec2c62ea09ce290f 2fdbee8bf37028ab9f156644c968d120

Bom pesquisei também a história das tranças… Você sabia?

Pré História

As primeiras tranças foram percebidas em estátuas, como a Vênus de Brassempouy e a Vênus de Willendorf, datando de cerca de 22 mil anos antes de Cristo. No entanto, a praticidade do penteado só começou a ser notada muito tempo depois.

Egito antigo

Todos têm em mente a imagem de uma Cleópatra cheia de tranças. De fato, a rainha amava separar suas madeixas com bijoux, fios de ouro, e até extensões. Reveladora de estatus social, o penteado aparecia sempre de forma bem elaborada. Ter muitas tranças era um sinal de riqueza. Os pelos da barba trançados significavam que, quem usava, estava próximo de divindades. Por outro lado, as crianças eram habituadas e raspar a cabeça. Alguns, no entanto, mantinham uma mecha para que pudessem trançar.

Império Romano

Durante esse período, as mulheres tinham o hábito de usar o alto da cabeça cacheado, e depois trançar os fios de forma arrendondada, em pequenos grupos. Assim como no Egito Antigo, a qualidade do penteado era um sinal também de estatus.

Grécia Antiga

Há alguns anos, pesquisadores do departamento de História da Universidade Fairfield quiseram estudar os penteados das esculturas para saber se seus criadores se inspiravam em penteados usados por mulheres experimentando em sí mesmos.

Ameríndios

A imagem de índios com tranças é comum. Mas cada tribo possuia uma relação exclusiva com seu penteado. Alguns, no entanto, usavam as conhecidas duas tranças, cada uma de um lado. Mas em diferentes etnias, as tranças podiam ser também sinal de celibato ou somente reservada aos homens, enquanto as mulheres usavam os fios curtos.

Celtas

A imagem que mantemos dos celtas é aquela de loiros com cabelos longos com uma meia trança. A classe média usava o penteado dessa forma graças à sua praticidade, enquanto a classe alta usava tranças mais elaboradas e complicadas.

Idade-média

Na época medieval, as tranças eram um grande clássico dos penteados, embora as mulheres tivessem que usar toucas para esconder seus cabelos, sob pena de serem consideradas bruxas.

Império Mongol

O Império Mongol teve grande influência no estilo ao longo da história. Desde o século XIII, os penteados eram extremamente elaborados. Os estilistas e cabeleireiros de Star Wars foram diretamente inspirados pelo cabelo dos mongóis, mais especificamente pela Rainha Amidala, interpretada por Natalie Portman.

China

Na China, as tranças tinham grande importância, principalmente para os homens. Eles usavam com uma na metade da cebeça, e a outra bem fina e longa. Os que não se penteavam assim poderiam ser acusados de desobediência e serem excutados.

Trança moderna

A trança hoje é um clássico do nosso repertório de penteados . Seja uma trança afro, que ganhou reconhecimento na década de 70, trança coroa ou super trabalhadas, elas estão em todos os lugares, da passarela às ruas, e até nas cabeças das celebridades.

Clémentine Santerre

83de8d700e5ae388b0d8dbbd3148ea71

Espero que tenham gostado!!! Beijinhos…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s